previous arrow
next arrow
Slider

As 24 Horas da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo: “…A satisfação que o bendito Jesus experimenta da meditação destas Horas é tão grande que desejaria que destas meditações houvesse pelo menos um exemplar para cada cidade ou aldeia e elas fossem praticadas; então, nessas reparações, Jesus sentiria reproduzir-se a Sua própria voz e as Suas orações, que Ele dirigia ao Seu Pai nas 24 Horas da Sua dolorosa Paixão; e, se isto fosse feito em cada aldeia ou cidade por algumas almas, Jesus parece fazer-me entender que a Justiça Divina ficaria parcialmente aplacada e, em parte, terminariam e seriam interrompidos os Seus flagelos nestes tristes tempos de desgraça e de derramamento de sangue. Reverendo Padre, dirija este apelo a todos; cumpra assim, a pequena obra que o meu amável Jesus me fez realizar…” (De uma carta de Luísa ao seu Confessor extraordinário, Santo Aníbal Maria Di Francia)

Adoração Perpétua: Acompanhe Ao Vivo a adoração perpétua e entrar em clima de oração na sua casa, principalmente nesse momento de dificuldade em que o mundo se encontra. Local: Capela de Adoração Perpétua do Santíssimo Sacramento em Niepokalanów,  na Polônia.

A Virgem Maria no Reino da Divina Vontade: Essas orações são as mais potentes, porque comprometem a própria ação divina. Por meio delas, Deus se sentirá desarmado e conquistado por sua criatura. Com a força desse apoio, você irá acelerar o advento do seu Reino felicíssimo; e comigo, você obterá que a Divina Vontade se faça como no Céu assim na terra, de acordo com o desejo do Divino Mestre.

História da Serva de Deus Luisa Piccarreta: Desde pequena Luísa manifestava uma forte inclinação à meditação e à oração, tendo como elementos fundamentais da sua vida interior um amor ardente por Jesus sofredor na Sua Paixão e prisioneiro por amor na Eucaristia; ela tinha ainda uma devoção madura e sólida à Santíssima Virgem Maria.

A Virgem Maria no Reino da Divina Vontade: “Eis explicado o propósito deste livro. Aqueles que o receberem com amor serão os primeiros filhos afortunados a pertencer ao Reino do Fiat Divino; e eu, com caracteres de ouro, escreverei seus nomes no meu Coração Materno… Aquele mesmo Amor infinito de Deus que quis servir-se na Redenção para a descida do Verbo Eterno sobre a terra, me chama mais uma vez à missão e confia-me o árduo dever, o sublime mandato de formar na terra os filhos do Reino da sua Divina Vontade. E eu, com todo o cuidado e a bondade de uma Mãe, faço a tarefa e lhe preparo o caminho que conduzirá a este feliz Reino. Para esse propósito, eu lhe darei lições sublimes e celestiais; e, finalmente vou ensinar-lhe orações novas e especiais nas quais o Céu, o sol, a criação, a minha própria Vida e a do meu Filho, bem como todos os atos dos santos, estarão incluídos, para que, em seu nome, eles implorem o Reino adorável do Querer Divino. Essas orações são as mais potentes, porque comprometem a própria ação divina. Por meio delas, Deus sentirá desarmado e conquistado por sua criatura. Com a força desse apoio, você irá acelerar o advento do seu Reino felicíssimo; e comigo, você obterá que a Divina Vontade se faça como no Céu, assim na terra, de acordo com o desejo do Divino Mestre.”

Papa São Pio X: No último ano de Pio X como sucessor de Pedro, em 1914, Luísa completou a escrita do importantíssimo livro “As Horas da Paixão”. Padre Aníbal relatou que enquanto lia para o Santo Padre uma das Horas da Paixão (a da Crucificação), foi interrompido pelo Papa que disse: “Assim não, padre. Este livro deve ser lido de joelhos; é Jesus quem fala.”

Santo Aníbal: “Descubro nestes escritos uma ciência sublime e divina, apesar de ainda não a ter conseguido penetrar totalmente, devido à minha pouca inteligência. É necessário dar a conhecer estes escritos ao mundo. Creio que farão muito bem. Apesar de ser tão sublime esta ciência da Divina Vontade, sendo estes escritos ditados pelo Céu, apresentam-na clara e pura. E segundo o meu parecer, nenhuma inteligência humana a poderia formular”.

Luisa Piccarreta: Jesus revelou à Luísa o grande desejo do Seu Coração: que o homem viva na Sua Divina Vontade, para voltar à ordem, ao lugar e à finalidade para a qual foi criado, isto é, aquilo que Ele mesmo nos ensinou a pedir na oração do Pai Nosso: “Faça-se a tua Vontade assim na terra como no Céu”.

São Padre Pio: Padre Pio enviava muitas pessoas a Luísa Piccarreta e, aos habitantes de Corato que iam a San Giovani Rotondo, dizia: “O que vindes fazer aqui? Tendes Luísa, ide ter com ela“. A tia Rosária (tia do Padre Bucci) frequentava periodicamente San Giovani Rotondo, de forma especial após a morte de Luísa. O Pe. Pio conhecia-a muito bem e, quando Luísa ainda vivia, assim que a via, dizia: “Rosária, como está Luísa?”.

Orações para viver na Divina Vontade – Luísa Piccarreta, Pequena Filha da Divina Vontade: “Creio que as revelações que o próprio Jesus fez a uma serva de Deus chamada Luisa Piccarreta, uma italiana do século passado, podem ser uma grande graça para todos nós. Durante muitos anos Luisa se alimentou da Eucaristia e da Divina Vontade. Nas revelações, Jesus mostrou a ela os Mistérios da Divina Vontade e ensinou como nós, seres humanos, podemos ‘Viver no Reino da Divina Vontade’”.

(Padre Eduardo Dougherty, sj)

Thomas Fahy

Testemunhos

Canções

Endereço/Telefone
Rua João Previtale, 1834
13272-315 Valinhos – SP
Telefone: +55 (19) 3871-9620
WhatsApp: +55 (19) 99979-1865

Newsletter