Imaculada Rainha, minha Mãe Celestial, venho aos seus joelhos maternos, como sua querida filha, para me abandonar em seus braços e implorar-lhe, com meus suspiros mais ardentes – neste mês consagrado à Senhora – a maior graça de todas: que me admita a viver no Reino da Divina Vontade.

Santa Mãe, Rainha deste Reino, admita-me como sua filha a viver nele, para que não seja mais deserto, mas habitado pelos seus filhos. Confio-me à Senhora, minha Soberana Rainha, para que guie os meus passos no Reino do Querer Divino; e, segura em sua mão materna, guiará todo o meu ser para que tenha vida perene na Divina Vontade. A Senhora será Mãe para mim; e como minha Mãe, lhe entrego a minha vontade, para que a Senhora a troque pela Divina Vontade. Desta forma, posso ter certeza de nunca sair do seu Reino. Portanto, imploro que me ilumine para me fazer compreender o que significa “Vontade de Deus”. Ave Maria.

Pequena flor do mês:

Pela manhã, ao meio dia e à noite, ou seja, três vezes ao dia, apoie-se nos joelhos da Mãe Celestial e diga-lhe: “Minha Mãe, eu a amo. Me ame e dê à minha alma uma porção da Vontade de Deus. Dê-me a sua bênção, para que eu possa fazer todas as minhas ações sob seu olhar materno.”